Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Painel’

Painel CZ – 24 de outubro de 2008
.
Painel Cruz de Savóia

RAGAZZO CON FLATULENTA – cruzdesavoia@gmail.com

.

.

Página em branco. Nosso presidente respondeu a Andres Sanches, que nos acusou de não divulgarmos a lista de empresários que detém nossos jogadores. J.J. Scotch Whiskey esclarece: “Não divulgamos porque não trabalhamos com esse tipo de empresários. Nossos jogadores, assim como nossa diretoria, pertencem todos a agências de publicidade e lobistas que vivem da nossa marca”.
.

Conta própria. Sobre o fato de Hernanes ter parte de seus direitos vinculados à Traffic, J.J. conclui, procupado com os elogios de Luxa ao meia: “Tomamos uma rasteira, foi isso”.

.

Porta na cara. “Ah, sim. Tem o Breno, que negociamos com o Sondas”, lembrou Whiskey, para depois emendar: “Mas pelo menos escondemos muito bem essas coisas do público: esses empresários só negociam com a gente bem longe do Morumbi, ou do CT, em ambiente reservado.”

.

Tapume. E o patrão manda avisar: nosso acordo com a Visa será bem melhor do que aquele que a empresa fez com a colônia de Perdizes! Além da área VIP, a Visa reformará nossos banheiros, permitindo o acesso mais confortável de dois torcedores por cabine sanitária, com a devida privacidade.

.

Curinga. Falando do time das notas frias, mais um empresário profissional está se juntando à gangue: Ilton José da Costa está voltando para lá…

.

Fora do ar. Enquanto isso, o auditor interno do Chiqueiro fica desligando o telefone na nossa cara. Estamos nos divertindo!

.

Penúria. O Vasco precisa encher o estádio para fugir do rebaixamento. Nós também precisamos (para ganhar o hexa), mas segue aí um conselho: realizar promoções para o torcedor comparecer já provou ser uma faca de dois gumes: o clube tem prejuízo, além do que a gente se expõe, mostrando que não tem torcida – fizemos isso ontem e pouco adiantou.

.

Anúncios

Read Full Post »

.

Painel CZ – 2O de outubro de 2008
.
Painel Cruz de Savóia

RAGAZZO CON FLATULENTA – cruzdesavoia@gmail.com

.

.

Assalariados. Sabe aquele esqueminha de notas frias do Chiqueiro? Então, decidi apelidar de “mensalinho do Parque Antarctica”. Assim eu ofendo o Palmeiras e o governo Lula ao mesmo tempo, duas coisas que a gente não gosta por aqui.
.

Gato e rato. A gente insiste em explicar para essa gente que o estádio de Perdizes está morto para a Copa, mas eles teimam no assunto: Agora dizem que não teremos investidores para reformar nosso estádio, por conta da crise econômica… Veremos!

.

Estaca zero. Andam vomitando por lá que, como eles já têm parceria firmada e dinheiro da WTorre, seriam os únicos a não sofrerem com a recessão. Só que aquela italianada, que adora colocar a culpa na eficiente burocracia, ainda não saiu do zero, como grifei acima.

.

Acordão. Na marginal, o imbróglio continua: é ex-mulher com bens sequestrados, sócios irregulares, acordos de ocasião, enfim: uma festa pra gente aqui da redação!

.

Pote de ouro. E o Santos, hein? Vai ter que sair vendendo meio time para sustentar o clube da Vila…

.

Passe preso. E o Parreira não pode ir para o Fluminense. A Traffic, que manda em tudo lá no Palmeiras, não deixa.

.

Dividida

“Se os negócios no São Paulo têm nome e RG por que eles não divulgam quem são os agentes e empresas donas de seus atletas?”

_____________________________________________

De ANDRES SANCHEZ, presidente do Corinthians, pondo seriamente em risco nossa máscara de transparência.

Read Full Post »

.
Painel CZ – 29 de setembro de 2008
.
Painel Cruz de Savóia

TESTA DI CAZZO
(interino e obediente) –
cruzdesavoia@gmail.com

Proibido estacionar


O governador palmeirense mandou avisar que não vai deixar nosso clube construir um estacionamento em frente ao nosso estádio; o terreno é da prefeitura e o despeitado não quer nos ceder, inviabilizando assim a chance de capitalizarmos mais dinheirinho público, que viria disfarçado em forma de PPP. A alegação é que um estacionamento para 3200 pessoas em frente a um estádio frio e inóspito não beneficia a população, só seria bom para a gente. E daí?!

Esperança. J.J. Scotch Whiskey, no entanto, espera poder barganhar com o governador para que ele mude de idéia, nem que para isso tenha que ceder e retirar seus procuradores da cola do time do político.

Mudança.

Principal líder do “Muda Palmeiras”, Gilberto Cipullo disse a Roberto Frizzo, da oposição, que não é hora de mudanças drásticas no clube. E que seria melhor mesmo esticar o mandato do presidente deles.

Tudo igual.

Quer saber? Eles são porcos, eles que se entendam!

Cabo eleitoral. Presidente da FPF, Marco Polo del Nero não nega a raça e quer vida longa a Della Monica!

Bronca. Estamos na bronca porque a porcada virou líder e os marginais adiaram a expulsão de Dualib. E eu já tô ficando sem assunto para gerar crise, porra!!!

_____________________________________________

Colaborou: nenhum FDP colaborou comigo hoje: nem o Grêmio, nem o Náutico, nem o São Caetano…

.

Read Full Post »

.
Painel CZ – 25 de setembro de 2008
.
Painel Cruz de Savóia

TESTA DI CAZZO
(interino e obediente) –
cruzdesavoia@gmail.com

Batendo asas

O ex-funcionário do timinho da marginal sem número (palavras do arquiteto), Wando Moraes, apontado pelo dedo-de-seta Waldemar Pires, que o caguetou por ter levado sozinho a bufunfa do rolo com André Santos e Dentinho, diz que não fez a parada lá. “Deram trezentinhos pro Dimitri, vulgo Grego, e mais uma nota para um laraja chamado Dirceu”. E emenda: “Se tivesse feito o rolo, ia querer o meu também”.

Telefonista. Wando disse ainda não passou a parada para o Sondas, só indicou um mano aí a pedido do timinho, porque não ia colocar o aliado em fita podre.

Mistério. Já no Corinthians, rola um papo que não pingou nada para ninguém, sem essa de comissão.

Sem censura. A equipe do longa-metragem “Fiel”, que narrará o calvário do clube de Dualib, já tá ligada que não é para editar no estilo “sou putinha de Madame”. Os mal-educados não tem estirpe – e querem um filme pra macho, mesmo.

Flerte. Já no motel da Barra Funda, a situação continua dando em cima da oposição. O duro é saber quem fode quem, ali…

Golpinho. A italianada chegou à conclusão que é melhor deixar o capo se reeleger do que dar 10 meses para ele. Vai entender essa raça!

De novo. José Neves, presidente da FBA, diz não entender o porquê do piti de Fábio Koff, só porque disse que quer a grana de Vasco e Flu e está torcendo para que caiam. “Quando zoei o Curintia no ano passado ele ficou quietinho…”, justifica-se o cartola.

É demais. Koff respondeu que ofender o time da marginal, beleza. Os outros, não.

E vamos parar por aqui, que é melhor.

.

Read Full Post »

.
Painel CZ – 23 de setembro de 2008
.
Painel Cruz de Savóia

TESTA DI CAZZO
(interino e obediente) –
cruzdesavoia@gmail.com

Padrão de qualidade

Alerta: se o time da Barra Funda conseguir alcançar a Libertadores, a Traffic vai injetar mais dinheiro no time verde! Se bem que a diretoria não pode nem dar palpite no assunto: José Cyrillo Jr. disse que gostaria de contar com 2 ou 3 jogadores de peso mas, como quem manda no Palmeiras é a Traffic, ele já está avisado que só virão mesmo 20 ou 30 jovens que servirão para a investidora lucrar em cima, contando sempre com a ajuda do

Laranja Luxemburgo. Que, aliás, também já foi avisado que a crise política no chiqueiro não pode servir de desculpa para o iminente fracasso do time no Brasileiro.

Neutro. O técnico já fez isso antes para largar o time rebaixado de 2002, lembra Mustafá. Dessa vez é bom que fique de longe do quiprocó verde, e nem dê pitaco no assunto.

Caldeirão. A Câmara Municipal ressucitará Palaia nessa quinta-feira; o ambiente é o ideal para a diretoria pastelônica se encontrar e fazer algum conchavo político que enterre a imensa crise do Palmeiras.

Costas. Cartolas santistas culpam Kléber Pereira pelo mau desempenho fora da Vila. Alegam que longe de casa ele não marca gols; fez apenas um contra a porcada – o que não é nenhum mérito.

Eu, não. Falando em desgraça alheia, a atual diretoria do time da marginal reclama que não recebeu sua comissãozinha no caso do rolo com Dentinho, André Santos e Renato.

Entrão. O presidente do clube também ficou de mãos vazias e não gostou de saber que um ex-funcionário fez toda a tramóia pelas costas dos comparsas.

Fenômeno. Ronaldo pagou R$800,00 reais para uns garotos do Flamengo baterem bola com ele: mandou ver oito vezes, os garotos só duas.

_____________________________________
Colaborou: Chiacchierone Sporadico, da lojinha do Rio.

Dividida

“Eu não teria ido para o Manchester City. É difícil justificar uma transferência do Real Madrid para o City por razões esportivas”

De MICHAEL BALLACK, que é inglês, não é o Robinho – e não teria cagado na saída.

Clique aqui para ler o outro painel de hoje (para assinantes).

.

Read Full Post »

.
Painel CZ – 22 de setembro de 2008
.
Painel Cruz de Savóia

TESTA DI CAZZO
(interino e obediente) –
cruzdesavoia@gmail.com



CONTA ATRASADA

O time da marginal sem número continua sem pagar suas contas. Achamos um pelo em ovo aí, coisa de R$600.000 reais para um agente que trouxe Saci e Eduardo Ramos. É pouco, mas suficiente para continuar fomentando a crise dos adversários, enquanto ninguém se lembra que nosso clube é o maior caloteiro da capital quando se trata de dívidas: a Previdência que o diga.

DESILUSÃO. “O futebol é cheio de invejosos”, disse o vice do timinho, que largará o osso ao final do ano. Pode até vir trabalhar com a gente e passar para o outro lado, o daqueles que invejam.

MUDANÇA. “Estão grampeando até meu telefone”, disse um corintiano (que deve mesmo ter a vida vasculhada de todas as maneiras.)

MULTIUSO. Nós, por outro lado, estamos festejando (e esperando ansiosos) pelos shows de Madonna no Morumbi: vai dar para levantar uma grana e, quem sabe, reconstruir nosso estádio a tempo, antes que aqueles malas da FIFA venham dar outra olhada aqui.

CONCORRÊNCIA. J.J. Scotch Whiskey afirma que a Visa e a TF4 terão que brigar por um setor “premium” no nosso estádio. Afinal, trata-se de um estádio diferenciado, não é o Parque Antárctica ou a Vila. E o presidente não precisa fechar com o primeiro que aparece.

SUCESSÃO. Deve-se dizer que todos tentam tirar uma casquinha da possível próxima prefeita, porque todo mundo quer apoio do poder público – não é só coisa do time da Barra Funda e seu Governador.

DOIS LADOS. É sempre bom lembrar: Marco Aurélio Cunha é candidato a vereador! Seu partido é o DEM. O nosso também!

______________________________________
Colaboraram Consulente di Turno e Paggio Dedicato


Dividida

O problema da Fazendinha é que ela não tem número. Está escrito Marginal Tietê, sem número.
______________________________________
De Rui Ohtake, arquiteto sem talento, que vive do nome da família e anda fazendo bico na Boutique d’Madame.

Clique aqui para ler o outro painel de hoje (para assinantes).

.

Read Full Post »

.

Painel CZ – 21 de setembro de 2008
.
Painel Cruz de Savóia

TESTA DI CAZZO
(interino e obediente) –
cruzdesavoia@gmail.com

Argumento forte

Esse ano certamente não é o ano daquele que se dedica a ser diferenciado. Escândalos, apego ao poder e baixaria parecem ter sido a receita do sucesso no Brasil. Aqui sabemos que o clube querido não leva nada esse ano, nenhum título. Por isso a insistência em rechear as colunas de notas terroristas contra o resto da patota de baixo, assim não precisamos encarar os fatos. Vai que aparece alguém querendo falar sério e estaríamos aqui a analisar as reais condições financeiras do nosso clube para poder reconstruir nosso longínquo estádio, antes do metrô chegar lá trazendo os inspetores da FIFA.; agindo dessa forma, não temos que comentar as contratações a baixo custo, frustradas ao longo do ano, para que ninguém venha a deduzir que o caixa da Boutique anda baixo faz tempo. E ainda sobra espaço para anunciar que o presidente do nosso clube inaugurou um bar.

(…)

Esquisito. Cartolas são-paulinos dizem que se sentem novamente incomodados por aquele cheiro estranho… Pois como seria possível os mesmos inspetores que ficaram im-pres-sio-na-dos com as instalações do Morumbi, virem agora dizer que o estádio está ultrapassado?

Apoio. A diretoria do São Paulo tratou logo de partir a criança ao meio para não perdê-la por completo. Manifestou, como sempre fez, seu apoio ao Palmeiras e à sua Arena para sediar jogos da Copa-14. E ao invés de desdenhar a determinação da FIFA em só aceitar uma sede por estado, os cartolas leonores hoje já argumentam:

Madame Conhece bem Paris e diz que tudo é possível!

Sacolão. A diretoria rival, por sua vez, continua se engalfinhando em seu balaio de gatos e tentando se perpetuar no poder, como se aquilo fosse uma quitanda, um mercadão… Coisa de quem não tem um bar alegre, nem nunca vai inaugurar uma lojinha frufru.

Dividida
_____________________________

“O Rui Ohtake vive do nome da família. Ele fez o projeto ‘kamikase’, que é repleto de efeitos especiais e poderia concorrer ao Oscar”
de Antônio Roque Citadini, que conhece bem a história de Madame – e vira e mexe volta para nos perturbar.

Clique aqui para ler o outro painel de ontem (para assinantes).


*


PERDENDO O PUDOR


Aparte qualquer análise mais profunda sobre partidos e ideologias políticas: já repararam, amici, como se comporta a Folha de São Paulo em ano de eleição? Antes que qualquer caldo entorne, eles jogam aquela “pluralidade” para o alto e passam a agir ao estilo panfletário, custe o que custar, mas sem assumir publicamente uma posição política (o que lhe traria legitimidade) como fazem os jornais americanos.

No carderno Esportes ocorre o mesmo. Basta o time querido não brigar pelo título, não estar nem entre os 4 primeiros, que mandam aos quintos as falácias da “imparcialidade jornalística” e do “jornalista esportivo não tem time”. O caderno às vezes se assemelha ao release entregue por uma assessoria amiguinha e reproduzido em formato de jornal.

Vira um “tablóide chapa branca”.

Especialmente neste domingo a edição impressa estava particularmente cruel com o Palestra, e devo aqui reproduzir alguma coisa – seja para a análise de quem não leu, seja para justificar minha tese. Começa com PVC e sua coluna entitulada “A visão do fracasso”; o colunista pretende escrever sobre um fato que julga inédito, que é a diretoria do SPFW ter de se deparar com os próprios erros de planejamento e a falta de títulos no ano. Mas olha o que sai:


“(…) O São Paulo não terminou sua participação no Brasileiro, ainda sonha com o tri, mas já começa a refletir sobre seus fiascos. Nos pontos corridos, sucesso e fracasso viraram conceitos relativos. Para Botafogo, Flamengo, Cruzeiro e até para o Palmeiras, a vaga na Libertadores é sinal de sucesso. Não é assim para o São Paulo.”

(…) É por isso que 2009 já começou no Morumbi e tem estratégia completamente diferente da usada pelos outros clubes da Série A. Todos contratam, o São Paulo quer revelar.”


Ora, PVC, com todo respeito, mas vá plantar batatas! Eles serão obrigados a recorrer à base o ano que vem, ou não reformam a Bambineira; não é porque têm “uma estratégia completamente diferente”. É porque, ao contrário do que dizem, não há aporte de financiamento jorrando pelas bicas da iniciativa privada, direto na banheira de Madame.

Dinheiro privado, não. Além disso o clube é o maior devedor da Previdência entre os grandes da capital, não há como investir. Acontece. Como acontece a outros grandes terem um ano irregular em que não disputam sequer uma vaga na Libertadores. Nem por isso entram em depressão, ou tentam depreciar os outros clubes como se estivessem um degrau acima; porque não vivem de fazer vitrine.


Mas então vem a matéria “dedicada ao jogo”. A manchete é uma pérola, o texto…:

“Luxemburgo visa topo após estiagem”

“Ele se diz obcecado por títulos e vitórias. Mas não lidera uma rodada do Brasileiro há mais de duas temporadas.(…) De acordo com levantamento do Datafolha, a última vez que Luxemburgo figurou na cabeça da tabela foi em maio de 2006 (…) A partir de então, o atual treinador palmeirense amarga 96 rodadas sem conseguir figurar no primeiro lugar (…)”

A matéria segue nesse tom, debulhando números esquisofrênicos na mesa do café dominical do leitor, até atingir seu ápice:

“O fato é que, desde que voltou da Europa, Luxemburgo se viu ofuscado pelo rival Muricy Ramalho (…) Hoje, Muricy Ramalho rivaliza as atenções da CBF com o próprio treinador palmeirense para a seleção brasileira, caso Dunga deixe a cadeira vaga. “

Uma sutileza revela a prova do que disse antes, o fato do texto se parecer com um release publicitário: repare o leitor como “Muricy Ramalho“, no texto, tem sempre nome e sobrenome. Vanderlei é só Luxemburgo, sempre que citado, ou simplesmente “o treinador palmeirense“. Lá, do outro lado. Repito, era a página do Palmeiras, o jogo era contra o Vasco. Mas intenção do texto (assinado por Toni Assis) é infiltrar o treinador leonor na matéria, compará-lo com o nosso e diminuir Vanderlei. Com números manipulados para se prestarem ao marketing de alguém ou de alguma instituição.

Na única foto do dia do Palmeiras, tudo que o leitor que comprou a Folha pode ver é Luxemburgo de costas. Nada de torcida, ou último treino, nada de colocar o rosto de nenhum ídolo… Espanta-me não ter uma foto de Muricy encaixada. Futebol, então, necas.

E nossa própria diretoria ainda deu de brinde um box para a Folha., assinado pelo interino que escreve aquele painel não tão legal:

“Della Monica, agora, quer reeleição”

“A paz foi definitivamente quebrada no Palmeiras (…) Della Monica cansou de esperar a decisão do ‘Muda Palmeiras’, que tem o controle de futebol do clube. Até agora, o grupo tem se mostrado contrário à continuidade do presidente.

-A Insensibilidade política do ‘Muda Palmeiras’ poderá eternizá-los fora do poder, em vez de 12 anos, como eles já ficaram, afirmou Fernando Pizzo, assessor especial da presidência (…)

Curiosamente, o rompimento entre os grupos de situação agora pode até aproximar Della Monica de Mustafá (…)

O presidente do conselho, Seraphim del Grande, que pertence ao ‘Muda’, afirmou ser contrário à prorrogação do mandato de Della Monica, mas que acompanhará a decisão do grupo.(…)

Para recorrer a um terceiro mandato em janeiro, Della Monica tem um forte aliado, o presidente da FPF, Marco Polo del Nero, que também é conselheiro do Palmeiras. Ele disse à Folha ver com ‘bons olhos’ a continuidade do colega no cargo.”

Senhor Della Monica, isso era hora de expor o clube na imprensa, mandando um assessor vomitar notinhas ameaçadoras? O senhor tem amor pelo Palmeiras, quer vê-lo forte e campeão, ou só que a cadeira a todo custo, à base de quaisquer alianças? E, quanto a Seraphim del Grande, fica meio esquisito: qual a opinião do presidente do conselho a respeito do assunto? (Esse blog se sente de alma lavada, porque passou por antipático, mas agora fica claro que as moscas são as mesmas.)

A página do Palmeiras termina com as escalações perdidas no rodapé da página e uma coluninha com Marcos, no seu dia de festa. A manchete:

” ‘Não podemos mais vacilar’, diz Marcos, 400″

É, mas não vacilamos. Marcão fez defesa de Marcão; pela defesa, ninguém passou. A torcida grudou no time, o time decolou. A diferença para o ponteiro diminui no passo de uma corrida de cavalo na reta final, e o Palestra vai atroplear! Golaço de Diego! Vamos ver agora o nível das manchetes durante a semana.

Deixo no post imediatamente abaixo uma bela coletânea do PFC apresentando os melhores lances da partida. Mais tarde o Quizz (cujo prêmio simbólico já está em confecção para todos os que já acertaram e ainda vão acertar) e o Bolão atualizado. Por enquanto parabéns para Palhaço Gótico, Fernando Kamers, Fernando Dalcin e Dimar Alves, que são bons de palpite e já acertaram algumas vezes antes de cravarem corretamente o resultado contra o Vasco. Abraço, amici!

Colha aqui wallpapers com fotos da última vitória.

.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: