Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Palmeiras’

.

.

AVANTI, PALESTRA!!!

.

.

Read Full Post »

.

REPUBLIQUE-SE!  (TEXTO DE 17/03/09)

.

007-oberdan-1951

.

Esse monstro que molda o Manto do Palestra é a lenda que tanto fez tremer os adversários, os mesmos que hoje nos zombam; ele defendeu nossas cores, nossa história e nossa meta por 14 longos anos, por mais de 300 partidas.

É o homem que preservou o azul da Itália em sua armadura, em 1942, quando nos tornamos Palmeiras, jurando nunca nos esquecer de onde viemos.

E esse homem de mãos soberanas e coração apaixonado realmente não deixou o Palmeirense esquecer, durante toda sua vida, quem devemos odiar. E, quando alguns esqueciam, de tempos em tempos ele aparecia para lembrá-los de que ‘Aqui é Palestra’ e que por lá o inimigo nos espreita.

Esse homem é Oberdan Catani, o meu ídolo. Ele vai sempre ao Jardim Suspenso, e não quer nada em troca da torcida que tanto ama.

Ele não se reúne com bandidos; nem joga bola com bandidos, a menos se o objetivo for tocá-los do Palestra.

Ele não tira foto sorrindo com bandidos; ele não se veste como puta, nem de brincadeira.

Não, senhores. Oberdan Catani não é inocente. Nem senil. Nem venal.

Oberdan Catani é a história viva do Palestra, e representa a saga destemida  de um povo. Coisa que, infelizmente, cada vez menos gente compreende.

.

N.CS:

1) Oberdan Catani completa hoje, 12/06, 90 anos de idade e dignidade. Cent’ anni para nosso monstro imortal!

2) Esse post foi escrito por ocasião da reunião de amigas promovido pelo vereador Marco Aurélio Cunha e um outro ídolo do Palmeiras, o que explica a amargura do blogueiro por todo texto. Oberdan, no entanto, é maior que tudo. E merece ser homenageado apenas por ser o mito fabuloso que sempre foi, seja sob as traves ou nas fileiras do Palestra Italia.

Parabéns ao grande herói!

.

Read Full Post »

.

REPUBLIQUE-SE:

.tele_selecao_agasalho1

.

Escolhi essa foto de Telê Santana  porque nela ele aparece com um agasalho digno, honrado, ao contrário do que nos acostumamos a guardar na memória.

Telê foi contratado (pela última vez) para ser treinador do Palmeiras em janeiro de 1997, quando o manager Luxerley Wanderburgo se despediu de novo do Palestra, assumindo o time do Santos. Porém, por conta de dois AVCs em um curto espaço de tempo, Telê não pôde jamais se sentar no banco de reservas para orientar a Academia.

E por ter aceitado o desafio de ser técnico Alviverde, Telê foi desprezado pelo time oportunista, o mesmo que o usou até o último fôlego; como não era mais útil (e ainda aceitara emprego do inimigo), jamais foi devidamente homenageado em vida pelo clube que tirou do ostracismo e do papel de eterno coadjuvante; pelo contrário, foi o Palmeiras quem bancou os custos do tratamento do técnico, mesmo quando já havia ficado claro que ele não teria mais condições de assumir qualquer equipe; e foi do Palmeiras que Telê recebeu toda a atenção e preocupação que um ídolo merece.

Ninguém, daquela diretoria sórdida, jamais apareceu na casa do treinador, em Minas, para saber se ele estava bem, ou se precisava de algo: um homem doente, na curva da vida, não combina com a imagem de prostituta radiante que o time da ditadura tentava vender, já há 12 anos atrás.

.

.

Em 1974, o ex-jogador Leônidas da Silva se vê forçado a interromper sua gloriosa e premiada carreira de radialista: o ‘Diamante Negro’ começava a ficar limitado pelo mal de Alzheimer, e não mais podia seguir adiante.

O natural seria, então, esperar pela gratidão do clube que Leônidas colocou na história, quando inventou um lance mágico e eternizou uma imagem explorada até hoje pela casa de tolerância de Vila Sônia. E qual foi o futuro de Leônidas, daí em diante?…

Eu lhes digo: 30 anos vivendo em um asilo, tendo por companhia apenas a fiel e incansável segunda esposa, Albertina Santos.

A verdade é que, após a aposentadoria nos gramados, Leônidas chegou a ser diretor da Boutique, em 1951: e decidiu trocar o posto ornamental por uma nova carreira (o desafio de ser comentarista de rádio), onde foi igualmente único – e ganhou sete troféus Roquette Pinto pela contundência que opinava nas ondas médias do rádio. Tal escolha, no entanto, custou caro a Leônidas: custou-lhe esquecimento ao invés de reconhecimento; custou-lhe uma vida apertada até o dia de sua morte, custou-lhe ser vítima do ranço daquela sub-raça, que nunca soube perder.

.

.

E tudo que você leu acima foi para chegar no seguinte: Pedro Rocha está mal, está doente e está pobre. O craque que ajudou Madame a conquistar 2 títulos paulistas e seu primeiro nacional-ilegítimo enfrenta, inclusive, um sério quadro de depressão, como você pode ver aqui. Pedro Rocha confessou, há pouco tempo atrás, que perdeu a alegria de viver – efeito do ostracismo em que se encontra.

E o que fez a cafetina, então? Procurou Pedro Rocha? Ofereceu-lhe apoio psicológico, moral ou financeiro? Claro que não, Pedro Rocha não é mais ‘útil’ agora, então por que ajudá-lo?

Ao invés disso, na mesma semana, Ela foi procurar um ídolo vivo, gigante e eterno. Mesmo que tal ídolo jamais tenha defendido as cores nazistas – pouco importa: Ademir ainda tem evidência, ligações políticas, espaço na mídia, tudo que uma prostituta dessa laia preza.

E, vendo por esse ângulo, a humilhação do começo da semana se inverte: porque deixam morrer à míngua quem construiu sua própria história, enquanto escalam um homúnculo bizarro para chupar o pau de um camisa 10 do Palestra.

E faz questão de sair bonito na foto, o tal anão de circo, como quem diz: “olha só, mamãe:  olha como eu vendo minha camisa fácil, fácil”.

Cuidado, Urtigão. Cuidado, borboletinha… vocês são ídolos falsos de um time sem história, sem raça e sem caráter. Rodem a página para cima e leiam seu próprio futuro.

.

Read Full Post »

.

Bom dia, Palestra!

Vamos dar um pequeno giro mídia afora enquanto nada de mais Verde acontece nessa manhã de sexta-feira…

.

Palmeiras tem 88% de chance de terminar primeira fase do Paulistão como líder Puta velha não quer jogar em Prudente

Marcos volta a treinar com bola e deve ser opção
Figueirense implanta punição com vestido rosa
.

Read Full Post »

.

A rádio do Jornalismo Pago insiste até cair no ridículo.

O amigo Diego Laranjeira viu essa aberração e nos alertou: no intuito de difamar o Palestra, usaram agora o sujeito público mais brocha de que se tem notícia – o nêgo poderia ser o garoto-propaganda do Viagra fácil, fácil.

A tática se assemelha à daqueles times pequenos que adentram o Parque Antarctica e que, para não tomar o vermelho, fazem rodízio dos zagueiros incumbidos de passar o sarrafo no ataque do Verdão: quando já estão todos amarelados, aí não tem mais jeito… mandam o mais grosso arriscar a camisa na frente do juizão – e o burro vai.

Nesse ponto, tenho que bater palmas para José Silvério: por mais merda que ele tenha falado na vida, se afastou assim que pôde dessa rádio e dessa gente escrota que, graças a Deus, tem audiência próxima do traço.

.

A página de links ‘Mídia Palestrina’ foi totalmente reformulada; alguns blogues novos entraram e outros saíram, seja por falta de atualização ou porque me deu na telha, mesmo. Os melhores, no entanto, continuam presentes.

Vale ressaltar que não conheço todos os blogues verdes e, se me escapou algum, é só nos avisar via email que insiro o logo com a indicação da página.

Saudações Palestrinas! E viva Oberdan Catani, O ídolo, O Único!

.

Read Full Post »

.

Essa vem do Valor Econômico:

.

.

Os dados,  que se referem ao ano de 2008, ainda apontam o rivale como segundo colocado como marca rentável, atingindo a cifra de R$ 2,694 bilhões em mídia espontânea.

Isso significa que o time do marquetíngue, ou da ‘mídia forçada’, vai ter que descer o chicote em seus servos espalhados pelas redações de sampa: nem o tri-hexa-bambi foi capaz de levantar o pau do defunto do Privadão.

.

 

Read Full Post »

.

Seguindo em frente, pois, com algumas notinhas colhidas pela rede – só para esquentar os tamborins.

* O Al-Ain perdeu por 2 a 1 para o Al-Nasr e ficou 7 pontos atrás do líder, causando a revolta geral da torcida: eles acham que o time é totalmente dependente de Valdívia (que ficou 2 semanas lesionado e voltou sem jogar bem), e que é melhor vendê-lo do que assistir o resto do time fazendo corpo-mole, esperando el Mago resolver…

** Dia 28 teremos de ir ao puteiro obsoleto sem Pablo Armero: o lateral colombiano foi convocado para atuar em sua seleção contra Bolívia e Venezuela (28 e 31 de março), por jogos válidos pelas eliminatórias da Copa.

* Ontem parabenizei os que conseguiram chegar ao Palestra Italia para apoiar o Verdão contra o Norusca: a chuva deixou o trânsito inviável em sampa, e foi um ato de abnegação total enfrentar a selva urbana e a queda de temperatura para comparecer na arquibancada. O que eu não sabia é que até o Verdão ficou sem ônibus, e o time todo teve de chegar ao Palestra de táxi: segundo informações oficiais, ao menos 10 ‘Jarbas’ foram acionados para driblar os congestionamentos e entregar o time em Casa a tempo da batalha.

* Palmeiras, Santos, Cruzeiro, Botafogo, Fluminense e Bahia têm compromisso com a história no dia 24. Leiam aqui.

.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: